https://www.poetris.com/
Crónicas : 

Carilada de pescada leva farinha Maizena

 
Tags:  Cronicar    cheiramázedo  
 
Ao Homem comum não deve ser possibilitado a visão do invisível. Ao louco, não devem mostrar o impossível, esse irmão do poder.
Facilmente, onde havia Quimeras, haverá um cão vadio e pulguento (às manchas, ainda por cima). As Esfinges, enigmáticas e inquisitivas, darão ares de gata rouca e medrosa, em tons siamesa, do sol de verão fábil e ventoso.
Se o homem comum for louco, e se as alucinações que tem forem controladas com mantras e beliscões no ante-braço direito, o mais acertado, é o rabo de cobra da Quimera falar com a asa direita da Esfinge e começarem um palavrar incomum.

- Prazer em conhecer-me! Como me chamo?
Diz a que estragula.

Silvando da cauda. Ruge.
- Diz-me tu! Muito gosto em olhar nos olhos teus que, derrapinos, me despem, ainda que nú ande...
Incapaz de disfarçar a enorme atracção que lhe sente.

A Esfinge espera a resposta.
A Quimera sabe que já respondeu.

Segue a segunda tagarelando, sobre as porções de infinito que existem num fotão à velocidade da luz.
A Esfinge resolve ser paciente num sorriso. Afinal não é todos os dias que vem ter consigo um gajo metade leão, metade cabra, e cauda com pouco veneno.
O leão em si ronrona, descompassadamente.

Um cão a enroscar-se numa gata!
(pensa um transeunte esfregando os olhos e a pegar com a terceira mão no smartphone, para mandar para o ioutubas).

Nisto, o homem louco pensa:
Pronto! É agora que a Esfinge vai estrangular a Quimera! Ela enganou-se na resposta!

A gata lambe-lhe o focinho e diz-lhe num miado rouco e pausado:

- Até amanhã...


A minha pátria é a língua portuguesa.
Bernardo Soares
www.poemassagem.blogspot.pt

Saibam que agradeço todos os comentários, de coração...
Por regra não respondo.



 
Autor
Rogério Beça
 
Texto
Data
Leituras
108
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
1
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Carolina
Publicado: 12/08/2017 15:09  Atualizado: 12/08/2017 15:09
Colaborador
Usuário desde: 04/07/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 3479
 Re: Carilada de pescada leva farinha Maizena
O homem comum não consegue ver para além do normal, não questiona, aceita as coisas como elas são, já o louco põe tudo em alerta e pode mudar o curso das coisas. Quanto ao encontro entre a Cobra, a Quimera e Esfinge foi tudo muito cordial, ninguém se magoou, até o cão se enrolou na gata.
Tudo terminou com um "até amanhã" da gata, acho que ela vai voltar.

Gosto de te ler também neste registo, parabéns.

beijinho