https://www.poetris.com/
Poemas : 

Petricor

 
A terra molhada tanto me fala
e com o seu canto de sereia
parece que me chama.
Dá-me cama
e me incendeia,
um encanto que não se iguala.

O que a terra molhada me diz
com olhos doces, de serpente,
sei desde o berço, de cor.
Que de terra em meu redor
vejo as cores, o chamado inclemente,
a cal, o giz.

Como mulher nua no cio,
sente os meus pés enlameados
e geme.
A sismos treme
e temo, tremo por todos os lados,
da lava tenho o frio.

Escavo bem com as mãos e falo
ao ouvido, às suas covas e grutas
e espero que me sinta. Ou nada.
Lembro-lhe que será a última morada
depois de muitas lutas,
e, agora, que deixe cantar o galo...


Sou fiel ao ardor,
amo esta espécie de verão
que de longe me vem morrer às mãos
e juro que ao fazer da palavra
morada do silêncio
não há outra razão.

Eugénio de Andrade

Saibam que agradeço todos os comentários.
Por regra não respondo.

 
Autor
Rogério Beça
 
Texto
Data
Leituras
173
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
26 pontos
6
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
theartist_lc
Publicado: 08/08/2020 16:15  Atualizado: 08/08/2020 16:15
Super Participativo
Usuário desde: 06/10/2018
Localidade:
Mensagens: 109
 Re: Petricor
Continuo a admirar a tua persistência e insistênca em continuares aqui, sabe-se lá com que ideias

Eu acho que já desisti de novo. Não quero afundar-me neste ambiente surreal e inenarrável...

Gostei do texto



Enviado por Tópico
MarySSantos
Publicado: 09/08/2020 02:35  Atualizado: 09/08/2020 02:35
Luso de Ouro
Usuário desde: 06/06/2012
Localidade: Macapá/Amapá - Brasil
Mensagens: 5312
 Re: Petricor
...e com o seu canto de sereia
parece que me chama


o cheiro de terra molhada sempre me leva para algum lugar... ou momento que não sei dizer quando ou onde. é como se me chamasse de volta para o lugar de onde vim, ou quisesse me lembrar que terei que retornar. acima de tudo também ressalta aroma de mato verde, viço, frescor que muito lembra vida.

Um dos teus poemas mais belos. mais um que guardo

bjo

Enviado por Tópico
MaryFioratti
Publicado: 22/08/2020 18:59  Atualizado: 22/08/2020 18:59
Colaborador
Usuário desde: 09/02/2014
Localidade:
Mensagens: 2420
 Re: Petricor
Oi Rogerio,
Participo quase nada desse site, venho ler. Mas me desculpe a sinceridade. Nao acho certo somente postar e nao responder os comentarios. Eh preciso ter interacao. Isso ai para mim eh comodidade em nao comentar outros textos. E um pouco de alienacao.
Abracos
*Mary Fioratti*

Enviado por Tópico
Violante
Publicado: 25/08/2020 22:06  Atualizado: 25/08/2020 22:06
Da casa!
Usuário desde: 10/09/2019
Localidade: Campinas, Brasil
Mensagens: 375
 Re: Petricor
A terra molhada nos entranha. Nos seduz.
Gostei de seu poema. Muito lúcido.

Abraço

Carpe diem