https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sombrios : 

Momentos

 
Tags:  alegria    asas    inquietação    choro porta    fechadura  
 
MOMENTOS

Choro, só de me ver chorar
Minha vida não tem porta nem fechadura
A porta?!Bem aberta em meu olhar!
Invento um tempo só meu
Invento asas, faço apelos,falo em ternura
E no escuro das pálpebras clareia o dia
Mas hoje não estou dada à alegria.

Quantos momentos dados como certos?!
Tantos outros de inquietação!
Quem rasgou meus alicerces?!
Quem pôs pedras nos meus caminhos desertos?
Já nem sei quem me quer ou não!

Choro, só de me ver chorar
Sinto-me pássaro rasando a água
Na ânsia de me libertar,
De mais um dia de mágoa.
Minhas nuvens, são como pequenos dragões
Matando minhas certezas e ilusões.

E a vida se esvai até ao último grão
Como semente que na terra se esboroa
E é sombra que me cai no coração
E me deixa a chorar à toa!

rosafogo


Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.
Johann Wolfgang Von Goethe



 
Autor
rosafogo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
590
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.