https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

PASSARELA

 
Tags:  amor    atração    conquista  
 
PASSARELA
Salvador, 10/08/2012

Vinha a mulher gorda na avenida
com o andar de Gisele
e os olhos docemente firmes
que a fazia dona de si
e atraente como o mar.

A respiração controlada
realçava os seios fartos
e o ventre convidava
a entrar pelos lábios
uma gravidez desejada
desejada pelos grandes lábios.

A minha boca grande, de Nieta
comia com os olhos
o corpo leve no andar
e intransponível no olhar
denunciando carência na cútis.

Olhava sem rumo
mas via tudo ao redor
possuindo os homens
com pés de pelúcia
e apesar da astúcia
precisava amar.

Assim como veio
passou por mim
como um tanque de guerra ou alma penada.
Deixando nos rostos
alegria sem fim.
Quisera eu segui-la.
Quisera!

 
Autor
AntonioRoqueRocha
 
Texto
Data
Leituras
480
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/08/2012 20:53  Atualizado: 10/08/2012 20:53
 Re: PASSARELA
Uma intensa atração, que foi só de passagem poeta...há momentos assim.
Abraços
Luzia

Enviado por Tópico
varenka
Publicado: 11/08/2012 01:04  Atualizado: 11/08/2012 01:04
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2009
Localidade:
Mensagens: 4211
 Re: PASSARELA
Roque,

Tua poesia me encanta!Adoro ler!Bjs.Varenka