https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

; não te saberei tapar por completo das noites neste outono

 
;
;
;
;
;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;
;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;
;
;
;
;
;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;
;
;
;
;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;
;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;
;;;;;;;;;;;;;;;;;;
;;;;;
;
;

; não te saberei tapar por completo das noites neste outono
muito menos afugentar o rorejar do orvalho matinal

que procura luz

apenas nascentes já abandonadas
apenas um arco-íris adormecido

não mudaram de lugar
vêm-se da janela entreaberta
ainda latejantes

a madrugada começa assim
em dias que se devoram.

perda de tempo
dizer que te amo se amo
seremos apenas.

expandem-se e desvanecem-se algumas loucuras
palavras mágicas marcadas
enquanto contemplas o mundo
que voa com o fumo do archote

e o ar sufocará
só pensamentos e passos

e este silêncio feito de cousas

enquanto dançam por perto as orquídeas
quiçá alguns fantasmas que sobraram.

I

soçobra o olhar inquieto
o espasmo que adere ao corpo
metamorfose única
completa

afinal os pássaros não regressaram
onde pousam os nossos corpos
a cada gesto.

II
recolho o sorriso regresso
sem sequer partir

[não me saberei de mim
neste outono].



"Forfante de incha e de maninconia,
gualdido parafusa testaçudo.
Mas trefo e sengo nos vindima tudo
focinho rechaçando e galasia.
Anadiómena Afrodite? Não:"

("Afrodite? Não" Jorge de Sena)

 
Autor
F.Duarte
Autor
 
Texto
Data
Leituras
746
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
46 pontos
10
6
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/09/2014 13:14  Atualizado: 30/09/2014 13:14
 Re: ; não te saberei tapar por completo das noites neste ...
Poeta,

Gostaria eu de ter a propriedade e a maestria para comentá-lo com mais profundidade, mas sou apenas uma aprendiz da escrita e, por isso, apenas digo:

Perfeito e de uma beleza radiante!

Agradeço-te pelo presente da leitura!

Beijos,

Anggela


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/09/2014 14:15  Atualizado: 30/09/2014 14:15
 Re: ; não te saberei tapar por completo das noites neste ...
há primaveras florescendo em sorrisos escondidos, recolhidos pelo regresso do mar, sabe poeta do sol, sem palavras para dizer, apenas que: Admiro!

Boés de obrigada, sempre.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/09/2014 14:27  Atualizado: 30/09/2014 14:27
 Re: ; não te saberei tapar por completo das noites neste ...
Belíssimo!

Um canto melancólico ... um amor destinado ao desatino... um grito silencioso para ouvidos sensíveis, delicados.

Ler-te, caro Poeta, é voejar nas asas dos sentimentos... obrigada, amei!


Um abraço,


Alice


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 01/10/2014 07:39  Atualizado: 01/10/2014 07:39
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: ; não te saberei tapar por completo das noites neste ...
... e o ar sufocará, amando estar ali.
só pelo fato de amar. E a beleza cresce por aqui. Bjs


Enviado por Tópico
VCruz
Publicado: 19/10/2014 18:40  Atualizado: 19/10/2014 18:40
Colaborador
Usuário desde: 08/06/2011
Localidade:
Mensagens: 679
 Re: ; não te saberei tapar por completo das noites neste ...
...e daqui do jardim de uma única flor, as folhas caídas foram maceradas pelos passos dos ventos que vem e vão sem deixar nenhuma sombra...ainda é noite, sim...ainda é noite...

Navego sempre nestes mares, mesmo sem destino certo...
Obrigada!
Bjão
V.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 19/10/2014 19:15  Atualizado: 19/10/2014 19:15
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6796
 Re: ; não te saberei tapar por completo das noites neste ...
Orvalhos nascentes do corpo na noite, que penetra nos florais das madrugadas, onde o silêncio das orquídeas dormem nos seios do amor, abravando-se nos passos da paixão