https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Desilusão : 

Dragão alado

 

Espera dragão alado
Quero acompanhar-te no teu pesado voo
Trepar em ti e enlaçar-te
Para juntos sobrevoarmos numa despedida
Um mundo de insanos e desvirtude
De perfídia e cinismos
De fraquezas, amaritude e cobardias
De dissidências funestas
E festins de mentiras

Leva-me dragão alado!
Para onde os animais falam
Para onde as árvores florescem em esplendor
Para mares de placabilidade e quentura
Porque os humanos desarvoraram
Não sabem quem são!
Nem porque permanecem aqui
Escravos de máquinas diabólicas e vícios
De mentes feridas e embustices
De temores inventados
Trapos dançantes sobre intrujices
De rostos pintados de uma morte anunciada
Palhaços incógnitos
Frangalhos ondulantes que estendem a mão
Sapatos de cristal em alpondras vermelhas
Que se estilhaçam em integral desproporção

Leva-me dragão alado!
Para longe da mercancia de carne humanal
De políticos algozes de egos alterados
De mercado de acções que escravizam maiorias
Do desrespeito gritante por quem tem fome
Na balbúrdia de ostentação
Adoração de luzes, flashes e indumentárias
Feitas de arquétipos cinematográficos
Em cenários que aluem
Em cavidades de esqueletos fétidos

Leva-me dragão alado!
Porque há muito que não pertenço aqui!

 
Autor
AnaMariaOliveira
 
Texto
Data
Leituras
1397
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 21/11/2008 20:01  Atualizado: 21/11/2008 20:01
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12081
 Re: Dragão alado
Poema forte muito lírico, gostei


Beijos

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 21/11/2008 23:06  Atualizado: 21/11/2008 23:06
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Dragão alado
Há tanta mágoa, tanto desencanto
dentro da tua alma,Ana.
E no entanto apesar dessa raiva,
há uma doçura gritante a transbordar
na dor de todas as tuas palavras.
Gostei muito deste poema. Um dia virá
em que as palavras serão mais dóceis, porque a esperança será inabalável!
Um beijo, Vóny Ferreira

Enviado por Tópico
Gothicum
Publicado: 22/11/2008 00:26  Atualizado: 22/11/2008 00:26
Da casa!
Usuário desde: 21/09/2008
Localidade: Galáxia de Andrômeda
Mensagens: 427
 Re: Dragão alado
"Se voares pelas correntes certas... não precisarás bater as asas."
Walter Grando

Lindíssimo. Obrigado por escrever e partilhar.