https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Slackline

 
Tags:  slackline    corda bamba  
 
Slackline
 
Pico e não deslizo nas notas frias que a vida me cede
No pico mais alto faço Slackline
Aprendi nas tuas lições de ego
Não, eu não esqueci os caminhos onde andei
Nem das lições manipuladas que te dei
Sei que avanças paralelo a mim
Vigias-me de longe e eu a ti
Viste-me cair e não te mexeste
Prostituíste o teu sorriso e fingiste que não me conhecias
Plagiei a tua atitude e junto com a puta que há em mim
Agi igual quando a corda em que desfilavas estilhaçou
Mas puta e não cobarde estendi-te a mão
Feri o meu ego e hoje quando quero saber de ti
Olho para baixo.



O Silêncio inspira-me.

 
Autor
EuniceContente
 
Texto
Data
Leituras
8820
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
6
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/04/2012 13:05  Atualizado: 23/04/2012 13:05
 Re: slackline
Parabéns pela intensidade e sinceridade..."...Mas puta e não cobarde estendi-te a mão
Feri o meu ego e hoje quando quero saber de ti
Olho para baixo." Admiração é o que sinto por ti!!! Beijo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/04/2012 02:01  Atualizado: 30/04/2012 02:01
 Re: Slackline
Versos intensos. Gostei muito.
NIKI


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/05/2012 12:02  Atualizado: 01/05/2012 12:02
 Re: Slackline
Que maravilha. Existem pessoas que não merecem ajuda. Parabéns, Eunice.