https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

Dai-me Oh Pai!

 
Open in new window
Dai-me


Dai-me oh pai
tudo que perdi.
Dai-me a eternidade
que vem de ti.

A pele firme do amanhecer
e macia como pétalas de rosas de um jardim.
Dai-me oh pai
um sorriso de marfim
que um dia me deste.

Daí-me a força dos ventos do leste
o amor que em mim havia
mas que a muito me deixou
o calor que aqueça minha alma tão fria.

Dai-me aquilo que me alegra e enaltece
e ainda a minha perdida esperança.
Dai-me tudo que um dia me deste
Dai-me a chance de ser uma eterna criança.

Dai-me também
o perdão por fazer tanto drama
é que há um ditado que diz
quem não chora não mama.

Alexandre

 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
88
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.