Poemas : 

Amor de Carnaval

 
Nosso amor de primavera
Foi tão puro, tão bonito
Que outro amor, eu acredito,
Nunca houve em outra era.

Nosso amor de carnaval
Foi tão breve e verdadeiro
Mal passou o fevereiro
Fim do sonho sazonal.

Foi amor de tempestade
Chama em água cristalina
Trouxe paz, felicidade
Que não cabe nesta rima.

Quando eu tinha a tua idade
Minha idade já não tinha
Residia outra cidade
Cidade perto da minha.

Foi amor fora do tempo
Amor claro e passageiro
Que levou malvado vento
Para lá detrás do outeiro.

Foi amor de primavera
Em tarde de mau verão
Seu amor foi feito fera
Devorando o coração.

Nosso amor foi vendaval
Fruto pulcro que caiu
Numa tarde feia e vil
Nosso amor de carnaval

Foi amor cruel, ranzinza
Desenhado numa resma
Que nasceu numa quaresma
E morreu quarta de... Cinzas!








Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
89
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
2
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 12/05/2024 06:58  Atualizado: 12/05/2024 06:58
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 10532
 Re: Amor de Carnaval
Belas rimas!
O amor é um tema sublime, talvez o mais emocionado e vivido, que oferece inspiração a tantos poetas.
Foi um gosto ler-te querido amigo, tudo bom para ti.

Um abraço